Aulas ao vivo pela TV Cultura serão retomadas em julho

16.06.2020

Além das teleaulas, a Seduc mantém no portal da secretaria, a área do “Para Casa”, que reúne atividades relacionadas às aulas transmitidas pela TV
 
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e a Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa) continuam transmitindo aulas inéditas para os alunos da rede estadual pela TV Cultura. Até o final deste mês todas as aulas inéditas que fazem parte do movimento Todos em Casa pela Educação seguirão sendo gravadas. A novidade é que a partir do dia 1º de julho as aulas voltam a ser ao vivo.
Coordenador do Sistema Educacional Interativo (SEI), Fellipy Fernando enfatiza o valor das aulas em tempo real. “As aulas ao vivo permitem a interatividade entre professor e aluno no momento em que o conteúdo está sendo transmitido e ajudam os estudantes a tirarem dúvidas”.

A iniciativa tem como objetivo oportunizar a continuidade dos estudos durante a suspensão das aulas presenciais provocada pela pandemia do novo coronavírus. Nesta semana, por exemplo, os alunos poderão aperfeiçoar o conhecimento nas disciplinas de Matemática, Biologia, Língua Portuguesa, Geografia, Física, Educação Física, Sociologia, Inglês, História e Química. 

As aulas pela TV Cultura são transmitidas desde o dia 30 de março de 2020, e podem ser acompanhadas de segunda a sexta, das 15h30 às 17h; aos sábados, a partir das 11h. Diversas equipes da Secretaria adjunta de Ensino da Seduc têm se esforçado para manter os alunos em contato com os estudos mesmo sem irem à escola.

Além das teleaulas, a Seduc mantém no portal da secretaria, a área do “Para Casa”, que reúne atividades relacionadas às aulas transmitidas pela TV. Os alunos podem baixar os exercícios e resolver em casa para medir o grau de dificuldade e o nível de aprendizagem e depois interagir com o professor no próprio site. 

Todo esse conteúdo, porém, é apenas de reforço do conhecimento e não conta como dia letivo. Mesmo assim, a maioria dos alunos faz questão de acompanhar as aulas. É o caso do Rian Filho, aluno de 15 anos de idade, do 9° do Ensino Fundamental da Escola Nuremberg Borja de Brito, localizada na Terra Firme, em Belém, que afirma acompanhar as aulas disponibilizadas pela Seduc desde o início.

Segundo o estudante, as aulas têm ajudado bastante, principalmente porque em breve ele vai entrar no Ensino Médio e os assuntos abordados são essenciais para ajudá-lo a passar de ano.

“Elas estão sendo uma ótima ferramenta para os estudantes de quarentena, como eu. É uma forma inovadora de aprendizado que tem me ajudado bastante a estudar durante toda essa quarentena. Sinceramente, eu estou gostando muito”, afirma.

 
Por: Leidemar Oliveira (SEDUC)
Fonte: Agência Pará.
Please reload

Destaques

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Rua dos Mundurucus, 1482 - Batista Campos, CEP: 66033-716, Belém, Pará. 

Telefones: Financeiro: (91) 3323 5043 / Coordenação de Projeto: (91) 3323 5033 e 3323 5084 / Orçamentos e Logística: (91) 3323 5020​

© Orgulhosamente criado para a Abradesa desde 2015.